terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Resultado do Enem 2012 sairá na sexta-feira, saiba mais

Que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a porta de entrada para o ProUni vocês já sabem. Também já expliquei aqui como as notas do exame são usadas pelo programa (caso não saiba veja as notícias relacionadas). Então é obvio que a matéria desta semana só poderia falar sobre o resultado do Enem, que está previsto para ser divulgado na próxima sexta-feira, dia 28 de dezembro.

Para que entendam perfeitamente como devem acessar e como serão visualizados os resultados, sugiro que veja matéria publicada no site infoenem

Boa leitura a todos. Para aqueles que prestaram o exame e aguardam ansiosos o resultado, fica a torcida!

domingo, 16 de dezembro de 2012

Inscrições para o Prouni 2013


Quem pretende se inscrever no Prouni 2013 precisa ter prestado o Enem 2012, o exame é o principal requisito para participar do Prouni e concorrer a uma bolsa de estudos em uma instituição particular de ensino superior. É necessário ter média maior que 400 pontos e mais que zero na redação, além das outras exigências.

O período de inscrições acontece depois da divulgação das notas oficiais individuais do Enem, no mês de janeiro, já que eles (Enem e Prouni) estão vinculados um ao outro. Para fazer parte do processo seletivo é preciso se inscrever pelo site oficial do Prouni, informando o número de inscrição e a senha do Enem 2012.
Durante o procedimento o candidato terá que preencher um questionário com informações pessoais e escolher duas opções de curso que deseja, por ordem de preferência. No site fica uma lista com todas as instituições de ensino participantes, os cursos e tipos de bolsa de cada um. Enquanto as inscrições estiverem abertas o candidato pode alterar suas opções de curso ou instituição e fica valendo sempre a última alteração.

Depois de terminado o período de inscrições, os candidatos serão analisados e pré-selecionados, os que forem chamados têm que ir até a instituição de ensino para comprovar seus dados e passar por uma nova análise. São três chamadas e os candidatos que não forem selecionados ainda podem manifestar interesse em ficar na lista de espera.

domingo, 9 de dezembro de 2012

Câmara rejeita inclusão de instituições estaduais e municipais no ProUni


A Comissão de Educação e Cultura rejeitou, na última semana, projeto de lei que permite a adesão das IES (Instituições de Ensino Superior) estaduais e municipais não gratuitas ao ProUni (Programa Universidade para Todos). As instituições incluídas no programa têm direito à isenção fiscal em troca da concessão de bolsas de estudos aos beneficiados do programa.

 Segundo a Agência Câmara de notícias, por ter sido rejeitada na única comissão de mérito, a proposta será arquivada, a menos que haja recurso. Para o relator, deputado Newton Lima (PT – SP), estados e municípios deveriam utilizar seus mecanismos de política fiscal para incentivar essas instituições de ensino sem recorrer à União.

Segundo ele, “com a inserção de instituições públicas municipais e estaduais no ProUni, a União estaria assumindo direta e isoladamente, à custa de renúncia de suas receitas, o financiamento da educação superior com instituições sob responsabilidade de outros entes federados”.

domingo, 2 de dezembro de 2012

Detentos que prestarão o Enem 2012 poderão concorrer a bolsas Prouni


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado aos presidiários de todo o Brasil nas próximas terça (04) e quarta-feira (05). Os interessados em participar do Enem 2012 prisional puderam realizar sua inscrição no período entre 15/10 e 5/11, exclusivamente pela internet.

A prova segue o mesmo modelo do exame tradicional, realizado há um mês por mais de 5 milhões de candidatos. Desta forma, os participantes farão prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos. No dia seguinte, serão aplicados os testes de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; e a Redação, num total de 5 horas e 30 minutos.

O mais interessante é que estes candidatos, apesar de estarem na condição de privação de liberdade, poderão desfrutar das principais funções do Enem. Conforme informou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela organização do exame, os candidatos poderão adquirir certificação de conclusão do Ensino Médio, concorrer a vagas em universidades públicas e participar os programas governamentais, inclusive o Prouni.

Em 2011, mais de 14 mil detentos foram inscritos no Enem em unidades prisionais ou socioeducativas. As provas foram aplicadas em 527 unidades de todo o país.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Prazo para instituições aderirem ao Prouni segue até 5 de dezemebro

Conforme noticiou o Ministério da Educação (MEC), as instituições de ensino superior interessadas em aderir ao Programa Universidade para Todos (ProUni) deverão emitir termo de adesão, por meio de sua mantenedora, até o dia 05 de dezembro de 2012. O prazo teve inicio na sexta-feira passada, dia 16. Tal adesão deve ser feita exclusivamente pelo Sistema Informatizado do ProUni (Sisprouni), disponível na internet. 

Conforme explica a portaria normativa n° 22, as faculdades terão que informar quais tipos de bolsas de estudo que pretendem oferecer – integral ou parcial, em cursos de graduação ou sequenciais de formação específica. Além disso, o cálculo do valor da bolsa deve incluir, além das mensalidades, a matrícula e os custos extras, como no caso de estudantes que precisam refazer uma matéria em caso de reprovação.

O MEC também explicou que as mantenedoras que pretendem aderir ao programa deverão fazê-lo através do SisProUni, no período entre16 de novembro e 23h59 do dia 28 de novembro. A adesão será precedida de consulta ao cadastro informativo de créditos não quitados do Setor Público Federal (Cadin). 

O Sistema do Prouni selecionará os bolsistas para o primeiro semestre de 2013 através das notas dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. O prazo de inscrições para disputa das bolsas será aberto em janeiro.

domingo, 11 de novembro de 2012

MEC muda prazo para reativação de bolsas Prouni suspensas


Nesta semana o Ministério da Educação alterou os prazos para a reativação de bolsas suspensas do Prouni (ProgramaUniversidade para Todos). A Portaria, que foi publicada no "Diário Oficial da União" desta terça-feira (06), altera os procedimentos de manutenção das bolsas e amplia o prazo que os estudantes que suspenderam a bolsa têm para solicitar a reativação do benefício.

Até o MEC anunciar esta mudança, só era permitida a reativação da bolsa suspensa dentro de um prazo máximo, que variava entre o primeiro e o segundo semestre do ano seguinte ao da suspensão do benefício. De agora em diante, o prazo para a reativação será o mesmo que o da utilização da bolsa. Vale lembrar ainda, conforme determina o Manual do Bolsista, que a bolsa tem validade de duas vezes o prazo de integralização do curso.

Para os que não estão totalmente inteirados com as regras do programa, é importante esclarecer quais são as situações em que o estudante tem sua bolsa Prouni suspensa. São quatro possibilidades:

  1. Trancamento de matrícula.  
  2. Afastamento devidamente justificado; 
  3. Abandono do período letivo (semestre);
  4. Caso a matrícula do bolsista for recusada por inadimplência de parcela da semestralidade ou anuidade (para quem possui bolsa parcial).
   Fonte: G1




segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Gabarito Enem 2012

Olá caros!

Após um fim de semana que mais pareceu uma maratona, estão encerradas as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012. As provas foram aplicadas no sábado (03) e domingo (04), com inicio as 13h. Dos 5,7 milhões de inscritos, cerca de 29% (mais de 1,5 milhões) não compareceram as provas.

Dados e números a parte, hoje posto a vocês o gabarito não oficial que encontrei no site infoenem. Não se esqueçam que o gabarito do Inep será divulgado na quarta-feira (07) e que o resultado final sairá em 28 de dezembro. As inscrições para o Prouni, que utiliza as notas do Enem, serão na segunda quinzena de janeiro.



quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Quais são os critérios de renda para participar do Prouni 2012


Na semana passada publiquei artigo aqui no Guia explicando como o desempenho no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012, que ocorre neste final de semana, será usado para seleção de bolsistas do Prouni. Como prometido, agora veremos quais são os critérios de renda exigidos pelo programa.
Primeiramente, é necessário entender que o Prouni oferta dois tipos de bolsas, que são:

  •          Bolsa integral (100% da mensalidade): para estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para entender como calcular a renda familiar per capta, acesse este link.

  •         Bolsa parcial de 50%: para estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos.

Também é fundamenta que o candidato saiba quais os documentos serão exigidos para a comprovação de renda, pois se ele for selecionado e não cumprir todos os procedimentos pode até perder o benefício. Cliqueaqui para ver a lista completa.

Outra informação interessante, para os que foram contemplados com uma bolsa parcial, é a possibilidade de se cadastrar no Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), para financiar a outra metade da  mensalidade do curso.

Agora que você sabe quem pode e como pode participar do programa, segue o passo mais importante: Arrebentar no Enem 2012.

Desde já desejo sucesso a todos que farão as provas neste final de semana.


Artigos relacionadas:




terça-feira, 23 de outubro de 2012

Entenda de que maneira o Enem é utilizado na seleção de bolsistas do Prouni

Que o Programa Universidades para Todos (Prouni) utiliza as notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) como critério de seleção para selecionar seus bolsistas muitos já sabem. Apesar de tal processo de seleção se dar pela classificação dos candidatos de acordo com o desempenho no exame, existem duas regras que eliminam automaticamente os participantes. E para você que vai prestar o Enem 2012 daqui a 10 dias, e posteriormente concorrer a uma bolsa do programa, é fundamental conhece-las.

Conheça os dois requisitos mínimos que você deve cumprir no Enem para não ser eliminado da disputa pelas bolsas do Prouni:

1.       Alcançar no mínimo 400 pontos na média das cinco notas (ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e redação);

2.       Conseguir nota superior a zero na redação;

Vale esclarecer, no primeiro tópico, que a esta nota é calculada somando-se todas as notas das cinco provas do Enem e dividindo por cinco.

Deve ficar claro que estas exigências não garantem que o candidato conseguirá a bolsa, apenas garantem que ele participe da concorrência. Por esse motivo é fundamental que você candidato continue estudando e se preparando, pois estamos a poucos dias do Enem.

Estes requisitos possuem apenas função de avaliação, mas não podemos esquecer que o Prouni também leva em conta critérios de renda para que o candidato possa concorrer às bolsas.

Quais são eles? Isso é assunto para o nosso próximo artigo.

Boa semana a todos e até a próxima!


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Mais dicas de estudo para o Enem 2012

Visitantes e aspirantes a uma bolsa do Prouni, conforme prometido, segue mais algumas dicas pra vocês que estão na reta final de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio. As informações foram retiradas do site G1

  • Compreenda o conteúdo sem 'decoreba': "O melhor roteiro dos conteúdos importantes é formado pelas provas dos anos anteriores. Se o aluno possui resumos pessoais, anotações específicas, fichas ou algum material didático sintético, deve fazer uso do mesmo na medida em que as questões dos anos anteriores forem exigindo. Tentar produzir um resumo agora ou decorar um resumo existente é completamente inviável. Além disso, as provas do Enem não favorecem estudantes que possuam informações “decoradas” e “descontextualizadas”.
  • Esteja antenado com os temas da atualidade: "É bom estar ciente das informações da atualidade, principalmente naquelas que dizem respeito à política governamental, nas ações afirmativas e naquilo que tange às relações internacionais. Creio que os assuntos que serão mais explorados no Enem serão aqueles que obtiveram maior projeção, principalmente aqueles que relacionam o contexto nacional ao internacional. Por exemplo, despertou muita atenção o caso da deposição do presidente paraguaio Fernando Lugo. Além dos veículos de comunicação, muita coisa foi debatida na internet, o que pode ser retomado. Outro ponto relevante diz respeito ao encontro da Conferência das Nações Unidades sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Por toda sua relevância internacional e todo um passado de discussões sobre o tema, que facilmente envolve as disciplinas de história, geografia e biologia, só para ficar nas mais evidentes. Outra questão polêmica que pode ser retomada é a recente ampliação das cotas nas universidades, tema que igualmente já vem sido debatido e que abrange as disciplinas de humanidades na sua integralidade."
  • Aprenda com os erros: "O estudante deve fazer um planejamento de estudo com uma carga de 3h a 4h por dia. Nesse tempo ele deve resolver as provas anteriores do Enem para observar os pontos que precisa revisar. Deve aprender com os seus erros, ou seja, verificar que conceitos ainda não estão muito bem compreendidos nas questões que não obteve acerto."
  • Prepare a sua estratégia para a prova: "A prova, geralmente, é composta por questões fáceis, médias e difíceis e estão embaralhadas. É comum o aluno não conseguir fazer rapidamente uma questão ou outra devido ao seu grau de dificuldade. É muito importante que o aluno tenha uma estratégia para fazer a prova. Começar pelas fáceis é importante para a autoestima, pois dará uma sensação de que está fazendo “certo uma boa parte da prova”. Em seguida, fazer as questões com nível de dificuldade médio. E no final, caso dê tempo, as mais difíceis."
  • Descanse e faça atividades físicas: "Se o estudante já tem esse costume ou se, mesmo esporadicamente, estudou aos sábados e domingos durante o ensino médio, os dias do final de semana podem e devem ser aproveitados. Nada, contudo, de muito exagero: conviver com amigos e familiares é importante, manter a prática de atividades físicas também ajuda muito. Mesmo os que utilizarem algum tempo do sábado e/ou do domingo para estudar, devem procurar descansar também – estudante cansado não conseguirá bom desempenho nas provas do Enem (duas longas provas, realizadas em dias seguidos)."
As provas serão nos dias 3 e 4 de novembro e o local onde você fará o exame já pode ser consultado, na página http://sistemasenem2.inep.gov.br/localdeprova/home.seam.

Boa semana e bons estudos a todos!!



Notícias relacionadas:

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Cartões de confirmação de inscrição do Enem começam a ser entregues nesta quarta


Como muitos já sabem os interessados em concorrer a uma bolsa do Prouni para o próximo semestre deverão participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012, que corresponde ao critério de seleção dos bolsistas. A partir de amanhã, 10 de outubro, o Ministério da Educação começará a enviar os cartões de confirmação, contendo o número da inscrição, data, hora e local onde farão as provas. O documento também contém a indicação dos atendimentos diferenciados ou específicos, da opção de língua estrangeira e da solicitação de certificação, quando for o caso. 
Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo teste, até o dia 25 todos devem ter recebido o cartão, que será enviado pelos Correios. A partir do dia 10, o candidato também poderá consultar e imprimir os dados acessando o site da instituição. As provas do Enem serão aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro, a partir das 13h.
No primeiro dia de prova, sábado, serão realizados os testes de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos, contadas a partir da autorização do aplicador. No segundo dia, domingo, serão realizadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias, com duração de 5 horas e 30 minutos. O candidato só pode deixar a sala após duas horas. E para sair com o caderno de questões, somente quando estiver faltando 30 minutos para o encerramento.
Dos mais de 6,4 milhões de pré-inscritos, 5.790.989 estão com inscrição confirmada para participar do exame. É o maior número de inscritos de todas as edições.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

5 dicas de estudo para o Enem 2012

Prezados leitores e visitantes, nas minhas últimas postagens tenho dedicado especial atenção ao Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2012. E não poderia ser diferente. Em primeiro lugar, porque estamos a exatos 30 dias das provas. Em segundo, porque todos os futuros candidatos a uma bolsa do Programa Universidade para Todos (Prouni) devem obrigatoriamente prestar o exame, pois este consiste no critério único para seleção dos bolsistas.

Hoje apresentarei cinco dicas que julgo serem valiosas para os estudantes que estão nesta reta final de preparação para o Enem 2012. As informações e dicas foram retiradas de excelente matéria publicada no site G1, vale a pena clicar neste link e dar uma olhada na notícia completa. 

Segue abaixo as orientações.

  1. Treine a leitura: Numa prova tão extensa e contextualizada como a do Enem, trabalhar a leitura traz duas ótimas vantagens para o candidato. A primeira é a capacidade de manter a concentração durante muitas horas lendo questões enormes. O segundo benefício é ficar por dentro dos principais temas da atualidade, que seguramente serão cobradas em muitas questões e também na redação.
  2. Mantenha o ritmo dos estudos: A dica aqui é criar, desde hoje, um cronograma determinando quantas e quais horas destes últimos 30 dias serão dedicadas para os estudos para o Enem. Procure não separar mais tempo do que tem disponível, pois  é fundamental seguir com disciplina e determinação o cronograma que você elaborou. 
  3. Pratique com provas anteriores: Na minha opinião esta é a principal de todas as dicas. Pois praticando provas anteriores você se familiariza e se acostuma com as características das questões. Também define uma estratégia de como será a ordem de resolução das matérias e quanto gastará em cada uma delas. Simulados também são uma ótima alternativa!
  4. Faça um plano de estudos: Agora que estamos na reta final dos estudos, não vale a pena procurar fazer resumos ou buscar novos conteúdos. O mais interessante neste momento é seguir a dica número 3 e detectar os assuntos que tem maior dificuldade, para a partir daí buscar reforçar os estudos nestes pontos.
  5. Faça duas redações por semana: "O estudante deve treinar seus conhecimentos nos simulados e provas anteriores e deve ainda fazer pelo menos duas redações por semana. É importante que ele mantenha esta prática até o dia da prova. Peça para algum professor corrigir. Trabalhe temas sociais e da atualidade, como as condições climáticas, a Rio+20, a questão Palestina, o crescimento econômico da China, entre outros."  
Vale lembrar a vocês candidatos que a prova do Enem será aplicada em dois dias, 3 e 4 de novembro. No primeiro dia os estudantes terão 4 horas e meia para responder as questões de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. No segundo dia, serão resolvidas as questões de Matemática e as de Códigos e linguagens, além da Redação, em 5 horas e meia.

Por hoje é só pessoal, essa semana ainda publicarei mais um artigo sobre o Enem. Bom estudo a todos e até  breve!


Notícias relacionadas:


  

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

MEC pretende criar autarquia para fiscalizar IES


Caros leitores, na semana passada o ministro da Educação afirmou que sua pasta pretende criar uma autarquia para fiscalizar a qualidade das Instituições de Ensino Superior (IES) privadas. Este trabalho atualmente é feito por uma secretaria específica, porém a ideia é  aperfeiçoar tal fiscalização. Creio que seja uma iniciativa interessante e necessária, pois como todos sabem, temos muitas faculdades com ensino de péssima qualidade em todos cantos desse Brasil.

O texto é da repórter Elaine Patricia Cruz, da Agência Brasil. Segue a matéria.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, informou na última quinta-feira (20), em São Paulo, que o governo pretende criar um órgão para ampliar a fiscalização sobre as universidades privadas. O trabalho de regulação e fiscalização é hoje feito por uma secretaria e a ideia do Ministério da Educação (MEC) é criar uma autarquia para ampliar o trabalho.
“Vamos criar uma autarquia para ter uma carreira, para ter especialistas só voltados e formados para essa competência, para melhorar a educação pública e privada no Brasil”, disse. “O MEC já faz isso. Hoje, 75% das vagas no ensino superior são de faculdades, universidades ou centros universitários privados. Portanto, eles têm papel fundamental na massificação do ensino”, explicou o ministro, após participar da cerimônia de abertura da 2ª Mostra Nacional de Práticas em Psicologia.
A intensificação da fiscalização é importante, segundo Mercadante, porque tem crescido o número de matrículas financiadas pelo governo por meio de programas como o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Programa de Financiamento Estudantil (Fies).
“Temos hoje uma série de políticas públicas nessas universidades como, por exemplo, o Prouni. Essas universidades têm um milhão de vagas e, em contrapartida, têm isenção de impostos. Temos 500 mil bolsas do Fies. E temos, portanto, recursos públicos para aquisição dessas vagas e a competência do MEC é exigir qualidade”, esclareceu o ministro.
Ainda de acordo com ele, o projeto já foi encaminhado para o Congresso Nacional, porém ainda está em fase de diálogo com as instituições.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Top 15 sites para ajudar na preparação para o Enem 2012


Essa é publicação de hoje é voltada para os estudantes que aspiram uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni) para 2013. Como todos sabem, ou deveriam saber, o critério de seleção adotado pelo sistema do Prouni é o desempenho dos candidatos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).  

Somando isso ao fato de estarmos a menos de dois meses da aplicação das provas do Enem 2012, marcadas para os dias 3 e 4 de novembro, decidi elencar a vocês leitores uma lista com os principais sites/blogues cujo tema principal é o exame. Meu objetivo com esta matéria é auxiliá-los, de alguma maneira, nos estudos e preparação para a prova.

Vale lembrar que cada site/blog pode ajudar de alguma maneira, sendo que alguns são mais informativos, outros mais interativos (com simulados e listas de exercícios), outros vão disponibilizar provas anteriores etc. O importante aqui é saber aproveitar o melhor que cada uma destas indicações pode lhe oferecer. Segue lista abaixo, desde já desejo bons estudos a todos!




domingo, 9 de setembro de 2012

MEC permite ampliação do financiamento estudantil em até 2 semestres


Nesta semana o Ministério da Educação anunciou que o estudante que participa do programa de Financiamento Estudantil (Fies) agora pode pedir a extensão do benefício por até dois semestres consecutivos. A notícia é interessante para o público do Guia ProUni uma vez que os bolsistas parciais podem se utilizar do financiamento para os 50% da mensalidade restantes.

Portaria Normativa nº 16, que autoriza a medida, foi publicada na última quarta-feira (05) no Diário Oficial da União, e determina que o estudante continuará a receber o financiamento, caso precise de mais tempo para concluir o curso devido a algum impedimento ou situações que impliquem afastamento das aulas.

Conforme explica notícia no site do MEC, “o prazo para amortização da dívida, no entanto, não será modificado. Após carência de 18 meses, contados a partir do encerramento do curso, o estudante terá três vezes o período do curso regular, acrescido de 12 meses, para pagar a dívida. No caso de um curso com duração de quatro anos, por exemplo, após a carência, o aluno terá 13 anos para amortizar a dívida (três vezes os quatro anos do curso regular, mais 12 meses), mesmo que tenha pedido dilatação do financiamento por um ou dois semestres.

A portaria ainda informa que o estudante pode solicitar a extensão do financiamento a partir do primeiro dia do último mês do curso até o último dia do primeiro trimestre do semestre posterior.

Para cada semestre a ser dilatado, o aluno deve fazer a solicitação no Sistema Informatizado do Fies (SisFies), disponível nos portais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Ministério da Educação. O pedido precisa ser validado pela Comissão Permanente de Supervisão e Avaliação (CPSA) da instituição de ensino superior.

Como informado no início da publicação, os bolsistas parciais do Prouni também podem se beneficiar do Fies para os 50% da mensalidade de seus respectivos cursos, de forma a zerar, pelo menos durante o período de graduação, seus gastos com a faculdade. E vale lembrar que  o programa está crescendo, pois só neste ano mais de 300 mil contratos foram firmados.

sábado, 1 de setembro de 2012

MEC divulga portaria com regras para bolsas remanescentes do Prouni 2012.2


Nesta última terça-feira de agosto (28), o Diário Oficial da União publicou  portaria do Ministério da Educação (MEC) regulamentando a concessão de bolsas de estudos remanescentes da segunda edição do ProUni 2012. Essas bolsas serão destinadas aos candidatos que prestaram vestibular para ingresso no segundo semestre deste ano ou que se matricularam em semestres anteriores.

O critério de aprovação, conforme determina a portaria, é a classificação no processo seletivo. No caso dos estudantes já matriculados, a seleção ocorrerá com base no desempenho acadêmico. 

Para se candidatar à bolsa, o estudante deve ter prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011, tendo obtido um mínimo de 400 pontos na média das cinco notas do exame e o mínimo na nota da redação. O candidato também deve ter cursado todo o ensino médio e fundamental em escola pública, ou sendo bolsista integral em uma escola particular.

A oferta de bolsas não é obrigatória, ficando a decisão por conta das instituições de ensino superior (IES). No caso de aceitar, a IES deve emitir o termo de concessão de bolsa para todas as vagas remanescentes em todos os cursos e em todos os campi. Este termo é obtido no sistema do ProUni na internet, o SisProuni.

O termo pode ser emitido até a data limite de 14 de setembro e as faculdades são obrigadas a publicar na internet e em locais de circulação de estudantes todas as regras para concessão das bolsas, além da lista de inscritos, aprovados e reprovados.

Fonte: Estadão

domingo, 26 de agosto de 2012

Conheça o "Manual do Bolsista Prouni"

Grande parte das postagens que publico aqui no Guia ProUni são referentes as regras para processo de seleção do Programa Universidade para Todos. Porém navegando por outros blogues e sites relacionados ao assunto, tenho percebido que não são apenas os candidatos às bolsas que têm muitas dúvidas, mas muitos que já possuem o benefício também ficam um tanto quanto perdidos em procedimentos como renovação das bolsas, transferências, documentação etc.

Pensando em atender e prestar um serviço de auxílio a este público, disponibilizarei nesta matéria o “Manual do Bolsista”, um documento oficial produzido pelo Ministério da Educação (MEC) com a finalidade de orientar os beneficiados pelo programa nas diversas exigências relacionados a manutenção da bolsa.


Atenção leitores, quero deixar claro que este manual não contém informações relacionadas ao processo seleção, como regras para acesso, utilização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), entre outras. Como já foi dito anteriormente, o documento foi criado para os bolsistas, e não para os candidatos.

Dentro dos 14 tópicos abordados pelo manual, o estudante encontrará, por exemplo: explicações sobre prazo de validade das bolsas; cobrança de taxas; acumulação de bolsas; transferência de bolsa; Encerramento da bolsa; Bolsa Permanência; Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior); monitorias e estágios, além de muitos outros.

Minha intenção é auxiliar de forma que bolsistas que estão buscando por informações consigam sanar suas dúvidas de forma autônoma, para que não haja necessidade de entrar em contato com o MEC ou com a instituição que cursa e para que não haja também o risco de perda de prazos. Evidentemente que em caso de dúvida mesmo após a leitura do manual, o passo seguinte é buscar contato com as referências que dei, ou por email aqui mesmo, no Guia ProUni.

Espero poder ter ajudado um pouco. Boa semana a todos e até a próxima postagem!

domingo, 19 de agosto de 2012

Senado aprova cotas para 50% das vagas das federais


A notícia deste domingo não diz respeito ao Programa Universidade para Todos (Prouni), tema principal deste blogue, mas é direcionada diretamente a seu público, por isso julguei interessante publicar tal matéria. Como muitos de vocês leitores já devem estar cientes, o Senado aprovou, no início deste mês de agosto (07), o projeto de lei que determina que 50% das vagas das nossas universidades federais devem ser reservadas para o sistema de cotas sociais e raciais.

Conforme o projeto, a reserva será dividida meio a meio. Metade das cotas, ou 25% do total de vagas, será destinada aos estudantes negros, pardos ou indígenas de acordo com a proporção dessas populações em cada Estado, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A outra metade das cotas será destinada aos estudantes que tenham feito todo o segundo grau em escolas públicas e cujas famílias tenham renda per capita até um salário mínimo e meio.

Como não poderia deixar de ser, a notícia gerou polêmica e teve muita repercussão. Críticas e elogios vieram de todos os lados, mostrando que a questão está longe de ser unanime. O fato que é que basta a presidenta Dilma Roussef sancionar a lei para esta entre em vigor, de forma que as universidades federais terão até 2016 para se adaptar e regularizar seus respectivos sistemas de cotas.

Sendo um dos defensores da proposta, creio que esse modelo que combina cotas raciais e sociais é o mais amplo e uniformiza as políticas de reserva de vagas que existem nas diversas universidades federais. Por mais que não solucione todos os problemas que temos nesta área, acredito nas ações afirmativas como uma forma de reduzir as diferenças sociais e raciais históricas, além de assegurar oportunidade a todos.

Aos meus visitantes e leitores, que na sua grande maioria se enquadra na condição de concorrer a estas vagas como cotistas, caso realmente a lei seja sancionada pela nossa presidente, mais uma janela de oportunidade se abre, juntamente com o Prouni. Porém, todos devem ter consciência que ainda continuará sendo muito difícil e muito árduo o caminho para se conseguir uma vaga no ensino superior público brasileiro, pois mesmo com 50% de vagas asseguradas, a concorrência entre cotistas será altíssima.

Fonte: Carta Capital


Notícias relacionadas:


sábado, 11 de agosto de 2012

Convocações da lista de espera do Prouni 2012.2


A primeira convocação da lista de espera do segundo Prouni de 2012 teve início nesta terça-feira, dia 7 de agosto. Portantoo interessado na bolsa do programa, não pré-selecionado nas chamadas anteriores e que manifestou interesse em permanecer na lista de espera, deve procurar a instituição de ensino superior onde concorre à vaga para verificar se foi convocado. De acordo com as regras do programa, essa consulta pode ser feita pessoalmente ou pela página eletrônica da instituição.
A lista dos candidatos concorrentes foi elaborada pelo Ministério da Educação (MEC), com base no interesse manifesto pelos alunos no período de 2 a 4 de agosto. A relação foi encaminhada para cada instituição participante do programa, que é obrigada a divulgá-la para conhecimento dos candidatos.
Na 2º edição deste ano, o ProUni registrou 456.973 candidatos e 874.273 inscrições.  Foram ofertadas mais de 52 mil bolsas integrais aos estudantes com renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (R$ 933). Já os candidatos com renda familiar de até três salários mínimos (R$ 1.866) por pessoa puderam concorrer a quase 38 mil bolsas parciais (metade da mensalidade).
Desde 2004 , o ProUni já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes, ofertando bolsas de estudos em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.

Fonte: Infoenem


sábado, 4 de agosto de 2012

Lista de espera do Prouni 2º/2012 recebe inscrições até este sábado

Você que se inscreveu na segunda edição de 2012 do Programa Universidade para Todos (Prouni), concorreu as bolsas e não foi pré-selecionado em nenhuma das duas chamadas deve ficar atento, pois hoje é o último dia para se inscrever na lista de espera do programa. 

A manifestação de interesse em participar da lista deve ser realizada via internet, acessando o endereço http://prounialuno.mec.gov.br/?c=5 e completando os campos em branco. O candidato deve ter a consciência de que é um processo muito simples, rápido e imprescindível para que ainda tenha chances de conseguir a tão sonhada bolsa.

As instituições de ensino participantes usarão a lista para preencher as vagas remanescentes das duas primeiras chamadas. As convocações terão início a partir da próxima terça-feira, 7 de agosto, e os concorrentes devem ficar atentos pois tais chamadas não serão divulgadas no site do Prouni, somente nas páginas das respectivas faculdades que disputam a bolsa.

Para este segundo semestre, o ProUni registrou 456.973 candidatos. Cada um deles pôde concorrer a duas vagas. A oferta total de bolsas alcançou a 90.311 em 1.316 instituições particulares de ensino em todo o País.

Fonte: R7


Notícias relacionadas:

domingo, 29 de julho de 2012

Lista de espera do Prouni 2º/2012 será formada nesta semana

Os candidatos que se inscreveram na segunda edição do Programa Universidade para Todos (Prouni) de 2012 e não foram pré-selecionados em nenhuma das duas chamadas ainda tem chances de conseguir a bolsa, pois nesta semana está previsto o prazo para formação da lista de espera.


Conforme consta no cronograma, entre os dias 2 e 4 de agosto, de quinta-feira a sábado desta próxima semana, os candidatos não selecionados podem se cadastrar na lista de espera através do Sistema do Prouni, para que continuem na disputa caso ainda hajam bolsas disponíveis  para o curso e instituição que escolheram.


Depois de formada a lista de espera do programa, o Ministério da Educação irá repassá-la as instituições participantes no dia 07 de agosto, data a partir da qual novas convocações serão realizadas. É importante esclarecer aos candidatos que estas próximas chamadas serão de responsabilidade das faculdades, de com acordo a necessidade de preenchimento de bolsas, de maneira que a procura por listas de convocações e resultados devem ser feitas diretamente no site da instituição, e não mais na página do Prouni.


Para dúvidas e mais informações, ligue na central de atendimento do MEC, pelo telefone 0800 616161.


Desde já desejo boa sorte a todos!

domingo, 22 de julho de 2012

Resultado da segunda chamada do Prouni 2012.2

Caros, a notícia de hoje é quentíssima e motivo de ansiedade para muitos candidatos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011 e se inscreveram na segunda edição do Programa Universidade para Todos (Prouni) deste ano, que concede bolsas de estudo para o segundo semestre em faculdades particulares. 

Na última sexta-feira, 20 de julho, foi liberada a segunda chamada do programa, os candidatos que não foram pré-selecionados na primeira convocação podem consultar se fazem parte da segunda lista na página prounialuno.mec.gov.br. Se você faz parte da lista da segunda chamada fique atento, pois o prazo para comparecer a instituição com os documentos exigidos e providenciar a matrícula se encerra no dia 26 de julho, próxima quinta-feira.

Os estudantes inscritos nesta edição do programa que não foram selecionados em nenhuma das chamadas ou que foram pré-selecionados para cursos em que não houve formação de turma terão a oportunidade de manifestar interesse em participar da lista de espera, que será utilizada pelas instituições para o preenchimento de prováveis bolsas remanescentes. Para isso basta acessar a página do Prouni entre os dias 2 e 4 de agosto e confirmar interesse em fazer parte da lista.
Nesta edição do Prouni 2012 foram registradas 874.273 inscrições feitas por 456.973 candidatos, que podem escolher até duas opções de cursos. Foi utilizado como critério de seleção as notas dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011.

domingo, 15 de julho de 2012

Calendário do segundo Prouni de 2012

Olá leitores, a postagem de hoje será mais uma vez a respeito do processo seletivo do Prouni 2012 para concessão de bolsas para o segundo semestre. Como já devem saber o processo de seleção está em andamento, e muitas dúvidas surgem com relação as datas e quantidade de chamadas. Pensando nisso resolvi escrever esta matéria que explicará rapidamente como ocorre a seleção dos candidatos, além de criar um calendário, que segue abaixo do texto, com as datas dos principais eventos desta edição do Prouni.

Primeiramente devemos saber que a seleção dos bolsistas é feita com base nas notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior, neste caso valem as notas do Enem 2011. A partir disso é aberto um período de inscrições, em que os estudantes podem se inscrever em até duas opções de cursos, pela internet, através do sistema do Prouni (SisProuni). Encerrado o período de inscrições será realizada a primeira chamada, em que os candidatos melhores posicionados de acordo com as notas do Enem serão convocados para confirmação das informações e realização da matrícula, dentro de um determinado prazo.  Passado esse momento ainda restarão bolsas desocupadas, de forma que o programa realiza uma segunda chamada, seguindo a ordem de posição dos candidatos, para que também confirmem dados de renda e se matriculem na instituição. Ao mesmo tempo em que realiza a segunda chamada o Prouni abre o prazo para que os estudantes que não foram convocados em nenhuma das chamadas confirmem interesse em participar da lista de espera, pois em caso de sobra de bolsas remanescentes tais candidatos podem continuar na disputa. Vale ainda lembrar que as chamadas da lista de espera não tem data pré-marcada e são de responsabilidade de cada faculdade, de forma que o concorrente deve ficar atento e sempre buscar se informar a respeito, para não correr o risco de ser convocado e perder a bolsa.


Veja ao lado o cronograma desta segunda edição do Prouni 2012, com base nas informações concedidas pelo próprio site do programa.


Como podemos observar, está prevista para esta semana a segunda chamada, marcada para sexta-feira (20). Fique atento que divulgaremos aqui a lista com os convocados. Desde já desejo boa sorte a quem está na disputa!




domingo, 8 de julho de 2012

Prouni 2012.2 - Lista dos aprovados em primeira chamada


O Ministério da Educação (MEC) divulgou, na última quinta-feira (5), a lista dos pré-selecionados em primeira chamada para receber uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni). Cerca de 456 mil estudantes se inscreveram para disputar uma das 90 mil bolsas disponíveis para o segundo semestre de 2012.

Os alunos pré-selecionados deverão comparecer às instituições de ensino até o dia 13 de julho para apresentar a documentação que garante o benefício e providenciar a matrícula. A lista dos documentos necessários pode ser consultada na página do programa. Está prevista ainda uma segunda chamada para 20 de julho.

Após as duas chamadas, os candidatos não pré-selecionados ou aqueles que foram pré-selecionados em cursos sem formação de turma podem pedir inclusão na lista de espera do programa. Ela será usada pelas instituições participantes do Prouni para a concessão das bolsas ainda não ocupadas. O período para manifestação de interesse na lista irá de 2 a 4 de agosto próximo, sendo que a partir de 7 de agosto serão feitas as convocações dos integrantes da lista.

Nesta segunda edição do Prouni 2012 foram oferecidas 52 mil bolsas integrais e 37 mil parciais, que custeiam 50% da mensalidade. O benefício integral pode ser pleitado por estudantes com renda familiar per capita mensal até 1,5 salário mínimo. Já as bolsas parciais destinam-se a quem tem renda familiar per capita de até três salários mínimos.